Projeto lado a lado

projecto_lado_a_ladoO Projeto Lado a Lado surgiu de uma parceria entre a Associação Académica de Coimbra (AAC) e o Centro de Acolhimento João Paulo II com a finalidade de proporcionar momentos mais sorridentes aos idosos e a estudantes carenciados, na medida em que o idoso passa a ter alguém como companhia e o estudante tem a possibilidade de prosseguir estudos. Baseia-se numa perspectiva intergeracional, tendo como intuito a entreajuda entre jovens estudantes do ensino superior, e idosos da cidade de Coimbra.
Lado a Lado consiste em alojar (não obrigatoriamente) estudantes com dificuldades socioeconómicas, em domicílios de idosos, sem custo de alojamento para os estudantes. Pretende-se combater o isolamento dos idosos da cidade de Coimbra, através do espírito dinâmico dos estudantes; acompanhar os seniores na promoção do seu bem-estar assegurando o acesso a cuidados de saúde, entre outros; apoiar o Sénior em todas as áreas que tenha necessidade; promover a intergeracionalidade entre jovens e seniores; permitir a estudantes carenciados o acesso a alojamento gratuito e de qualidade.
Podem participar estudantes do ensino superior com idades compreendidas entre os 18 e os 35 anos. Não podem ser naturais de Coimbra. Devem respeitar a identidade, intimidade e domicílio do sénior; estar receptivos a acompanhar e apoiar o idoso de acordo com as suas necessidades. Relativamente aos seniores, podem participar pessoas que morem sozinhas ou com o cônjuge, a habitação deve reunir condições de habitabilidade, caso não reúnam a integração do estudante faz-se em quarto, sempre que haja disponibilidade financeira para tal. Os seniores e seus familiares devem estar bem informados relativamente ao Projecto. Devem respeitar a identidade do estudante, com um relacionamento movido por respeito mútuo; sempre que possível, devem permitir a entrada no domicílio de pessoas ligadas ao estudante, desde que previamente informado.
O estudante procede à sua inscrição na AAC, depois é convocado pelo Centro de Acolhimento João Paulo II, onde é avaliado a nível psicossocial, por uma Técnica de Serviço Social que acompanha o projecto e por uma Psicóloga que faz a avaliação. O sénior faz a sua inscrição no Centro de Acolhimento João Paulo II, onde é avaliado do mesmo modo que o estudante. Faz-se visita domiciliária a casa da pessoa idosa, se reunir condições faz-se a integração do estudante em casa do sénior.
Regularmente, contactam-se os intervenientes, bem como os familiares do sénior e fazem-se visitas domiciliárias para se assegurar o bom funcionamento do projecto e detectar se está tudo a correr pelo melhor quer para o estudante quer para o sénior.

Onde Funciona?

Serviços Técnicos: Rua do Brasil, 182 3030-775 Coimbra